19.5.14

Tendências Pedagógicas

Entendendo um pouco mais sobre a dinâmica das tendências pedagógicas, nesta aula você entenderá um pouco mais sobre esta interessante matéria  e como elas aparecem nos concursos; O que são as Tendências ? Como elas surgiram? Qual a relação destas com a Educação que temos... Pois bem, explore esta aula, visite o site; entreiconcursos.com, cadastre-se, faça alguns exercícios e esteja pronto para enfrentar estes desafios que são os concursos.    




Leia mais...

26.4.14

O assassinato de DG - A lógica está invertida;

Aos que insistem em se enganar e fingem acreditar que o dançarino DG era um bandido, para os que tentaram justificar a morte do rapaz lhe fazendo ligações com os bandidos miseráveis que naquele local vendem drogas para sustentarem os verdadeiros donos das drogas, que não residem ali e tampouco são miseráveis, aos que insistem em criminalizar os mortos do confrontos diários de um cotidiano hipócrita e miserável, ou seja, matou diz que é bandido, aí tudo é permitido.
Não!!! O dançarino DG não era bandido, ele não caiu da laje, ele tinha todos os documentos em mãos, se ainda assim, houvesse alguma desconfiança ele deveria ser detido e levado a delegacia do bairro, como, aliás, deveria ter sido feito com o Amarildo, com a Cláudia (a que foi arrastada), como foi feito com Thor Batista. Mas não, a lógica esta invertida, a força de segurança que deveria proteger, na maioria das vezes, oprime, criminaliza como à justificar suas arbitrariedades, vivemos próximos à barbárie, sejam dos próprios bandidos que arrastam uma criança quando roubam um automóvel, ou dos agentes do estado que mataram DG ao invés de prendê-lo, os mesmos agentes que ao prenderem Thor Batista, disseram claramente para a sociedade,

 - Nós escolhemos em quem aplicamos à lei;

A lógica aplicada aos que não possuem bens, é isto que está colocado, é a de quem  primeiro atira e depois confirma quem era o morto, então atitude subsequente forja-se um falso álibi, afirma-se que o morto era bandido, arranja-se um perito que não vê o buraco de bala, não se recolhe depoimentos apenas afirma-se que o morto tinha ligações com o comércio de drogas. Foi assim com Amarildo, Cláudia e agora com DG... Bem sabemos, existem muitos outros Amaridos, Cláudias, Dg´s, Meninos da Candelária...
E certamente continuaremos a chorar suas mortes, a lamentar o despreparo de quem deveria proteger e aplicar a lei, certamente continuaremos om medo de sairmos as ruas, seja com medo dos marginais empregados dos criminosos que não são tido como marginais, e mais recentemente com medo do próprio estado cada vez mais repressor, armado e inconsequente.


http://oglobo.globo.com/videos/t/todos-os-videos/v/catalogo/3305438/




Leia mais...

23.12.13

Mais uma sobre o natal.

Papai Noel, antes de ficar Vermelho para atender os desejos de uma multinacional que fabrica refrigerantes era apenas São Nicolau.
Leia o breve texto da Professora Maria Helena Zamora e reflita sobre o Papai noel que você venera e divulga.  


‘’Papai Noel é São Nicolau. Filho de nobres, nasceu em Patara (Turquia), talvez em 250. Já consagrado bispo, nas perseguições romanas foi aprisionado, depois libertado. Costumava fazer doações anônimas em moedas de ouro, roupas e comida às viúvas e aos pobres. Dizem que ele colocava os presentes das crianças em sacos e os jogava dentro das chaminés à noite, para serem encontrados por elas pela manhã. Certa vez um pai, não tendo dinheiro para o dote de suas filhas e casá-las, decidiu mandá-las à prostituição. Nicolau soube e doou o dinheiro. Toda a grande fortuna dos seus pais foi distribuída. Ele morreu idoso, amigo das crianças e venerado pelo povo como um santo em vida. Quando uma criança acredita em Papai Noel, ela acredita na generosidade. Nada a ver com a idolatria ao consumismo. Na minha família, se levava as crianças para ver o Papai Noel, alguns se fantasiavam e os adultos falavam que ele existia, também se divertindo muito. Até porque estavam seguros de já ter passado para elas o que é realmente o Natal!!! ( Maria Helena Zamora) 



Eu de novo;
O meu Papai Noel é o velho Nicolau, sem presentes, mas com muito amor.
Entendeu agora porque não gosto de presentes, mensagens, falsas felicitações...
Meu natal é durante todo ano, pois o espirito da bondade e de amor ao próximo não pode tirar um único dia de férias. 
Portanto, meu natal não é em dezembro, ao contrário, ele ocorre durante o ano inteiro.
Em dezembro devemos nos irmanar em função de comemorarmos o nascimento de Jesus, entendeu? A relação religiosa que remete a bondade e ao exemplo do maior revolucionário de toda a história da humanidade, o cara que ousou enfrentar os poderosos e em função disto morreu, pois na busca pela mudança deu o que tinha de mais valioso que foi sua própria vida.
Minhas mensagens(de natal) vai aos que querem transformar o mundo e provavelmente não querem presentes querem mudanças.
Feliz natal de mudanças para todos nós,
Haaaaaa antes que eu me esqueça;

NÃO VAI TER COPA !!!  
Leia mais...