21.2.12

Estudantes espanhóis protestam contra cortes no orçamento da educação, já aqui...


VALÊNCIA, Espanha, 20 Fev 2012 (AFP) -Diversos incidentes foram registrados nesta segunda-feira em Valencia, no leste da Espanha, quando a polícia covardemente atacou uma manifestação de centenas de estudantes que, com justiça, protestavam contra os cortes orçamentários, segundo testemunho de jornalistas. Ressalta-se que a manifestação ocorria para solicitar um maior investimento em Educação. É isto mesmo, pela melhoria em Educação!!! A perigosa  manifestação era um grupo de estudantes universitários pedindo melhoria em Educação. Ao contrário do Brasil em que uma parcela de nossa juventude, alheia ao processo político,  encontra-se em conflito com a polícia, infelizmente por motivos bem diferentes, pois aqui o problema não é a Educação e sim o carnaval. 


Os jovens espanhóis, convocados pelas redes sociais, se reuniram diante do instituto Lluis Vives, um colégio da cidade, para protestar contra os problemas que deixaram várias escolas sem calefação nas últimas semanas porque o governo regional não paga as contas. Tal qual às autoridades brasileiras, as prioridades são outras no nosso caso: carnaval, shows, futebol, micaretas... Enquanto a população necessita de Educação, Saúde, Saneamento... A diferença é que na Espanha os jovens foram para as ruas e aqui vivemos uma inércia coletiva e uma manipulação que induz nossa juventude a participar destes processos: carnaval, torcidas organizadas de futebol, grandes eventos carnavalescos...



Na Espanha os conflitos começaram entre os manifestantes e um cordão policial que protegia as instalações da referida instituição e, em seguida, estendeu-se para as ruas próximas quando os jovens se dispersaram. Os policiais utilizaram seus cassetetes e alguns manifestantes foram agredidos já caídos no chão, tal qual no episódio de Pinheirinho em São Paulo verificamos que o capitalismo produz universalmente esta relação, ou seja, manifestantes são tratados como bandidos enquanto os verdadeiros bandidos posam ao lado das autoridades.  



Voltando a Espanha: "Houve detidos... mas ainda não sabemos quantos. Alguns manifestantes agiram de forma agressiva e, por isso, foram feitas as detenções", declarou um porta-voz da polícia. Nota-se a semelhança com os episódios aqui no Brasil, as autoridades criminalizam os manifestantes em detrimento das arbitrariedades das ações governamentais.  


Ainda na Espanha, há algumas semanas diferentes manifestações ocorreram em Valencia, a comunidade autônoma mais endividada da Espanha, onde as autoridades anunciaram no começo do ano um plano de austeridade que incluía aumentos de impostos e cortes nos gastos de saúde e no setor da educação em um total, segundo autoridades espanholas, de alguns bilhões de euros.

Novamente as coincidências que o capital promove; proteção das autoridades e criminalização de toda e qualquer manifestação de indignação, em outras palavras, a intenção dos governantes é que fiquemos a mercê de suas arbitrariedades, sempre a serviço do capital ou ainda de forma desorganizada, violenta que acaba por legitimar as ações de truculência da polícia.  


Intento este que vem sendo alcançado, ao menos, com os jovens das organizadas de são paulo, que de forma alienada não protestaram contra a falta de verbas na Educação, mas sentiram-se ofendidos  quando as escolas DE SAMBA foram aviltadas. 

8 comentários:

  1. A mentalidade só vai mudar, quando o sentimento de revolta se tornar insuportável!
    A juventude precisava estudar mais, ler mais, querer mais ... Maaas, o processo de capitalização da juventude, está sendo bem trançado! Com o dinheiro que nós gastamos enchendo a cara no carnaval, o tempo que nos alienamos cada vez mais, deixamos de ser cidadãos para sermos apenas ... Foliões!
    Ao invés de debatermos sobre questões realmente importantes, só conseguimos traçar diálogos e linhas de pensamentos sobre assuntos banais e notícias midiáticas de última hora, como o fim do campeonato brasileiro, a confusão na apuração do carnaval de São Paulo, Big Brother Brasil?! Nooooossa, não é esse tipo de diálogo que eu procuro com meus amigos. Isto também é um tipo de futilidade! Mas é aceita e até mesmo, imposta! Porém como não há estudo, que se faça a mágica! Obrigada TV Globo, Record, SBT, vocês conseguiram tirar o coelho da cartola e colocar em nossas cabeças sem nem percebermos!

    Sem mais.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Pois é, o problema é que no nosso país a acomodação é tamanha que a televisão que controla nossa vida e não o contrário. A juventude desconhece a força que tem. Infelizmente 6 dúzia de estudantes não chamam atenção de representantes políticos. Vide um email que enviei ao MEC, onde pedia esclarescimentos sobre o ENEM e me responderam com muitos links, rs...
    Ah se os jovens se unissem (me incluo nisso)!

    PS: Que falta me faz aulas de aprendizagem! Rsrs

    ResponderExcluir
  4. Lindo Bianca,
    Manda uma cópia deste e-mail e a resposta que lhe deram e eu divulgo,
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Vivemos, acredito, o boom nacional do consumo. Na Europa, racionam água e batalham por empregos, que se tornaram escassos. Enquanto tivermos grana para bancarmos a mesada dos filhos e os jovens tiverem emprego para manterem suas noitadas, não restará muita energia para mudanças. É uma via cíclica, jovem insatisfeito é jovem com educação, mas essa só melhorará com a insatisfação da população. Meio sem saída não é mesmo!?

    ResponderExcluir
  6. Boa Heitor, muito boa... É exatamente este o eixo da discussão.

    ResponderExcluir
  7. Pode deixar professor, mandarei sim.
    Bjs

    ResponderExcluir